Pular para o conteúdo
Início » Blog » Carro De Leilão: Saiba Quais Os Cuidados Na Hora De Comprar Um!

Carro De Leilão: Saiba Quais Os Cuidados Na Hora De Comprar Um!

Carro De Leilão: Saiba Quais Os Cuidados Na Hora De Comprar Um!

Comprar carro de leilão é uma opção para muitos que não querem gastar muito com um carro novo, devido ao valor mais atraente dos veículos. No entanto, em alguns casos, o carro pode não ser tão novo.

Além disso, vale ressaltar que em carros vendidos em leilões, não é possível fazer um test drive e não há qualquer garantia. Mas, os valores que podem ser até 30% mais baixos que os de tabela continuam atraindo diversos compradores.

Continue lendo este conteúdo para saber quais são os cuidados que deve tomar ao comprar um carro de leilão!

Carro de leilão: Cuidados ao comprar

Carro De Leilão: Saiba Quais Os Cuidados Na Hora De Comprar Um!É fato que os carros de leilão possuem preços mais atrativos, mas há inúmeros motivos que fazem com que um carro vá parar num leilão. Entre os motivos, os mais comuns são: Falta de pagamento e de seguradoras, na maioria das vezes recuperados de furto ou batidos.

O valor mais em conta dos carros, que é o principal atrativo, é devido ao fato de que em consultas veiculares, consta que o carro provém de leilão. Porém, nem sempre é possível identificar o motivo do carro ter sido leiloado, se foi por caso de financiamento ou batida, por exemplo.

Por essa razão, o carro acaba sendo desvalorizado quando for revendido, que pode ficar em torno de 10%. Além disso, é essencial ter alguns cuidados para não ter surpresas com o carro após arrematar o produto.

Como dito acima, não é possível dar a partida ou fazer um test drive nos carros de leilões. Sendo assim, dependendo do problema que o carro tiver, pode acabar saindo mais caro que um carro adquirido em uma concessionária.

Para quem nunca comprou em um leilão antes ou não conhece muito sobre o assunto, é provável que esses leilões vão fazer com que a pessoa perca dinheiro e saia no prejuízo.

Por isso é essencial saber quais são os cuidados a se tomar para evitar fazer um mau negócio e acabar caindo em uma cilada. Caso tenha a intenção de comprar um carro de leilão, confira logo abaixo algumas dicas que poderão ajudá-lo a fazer um bom negócio!

  1. Confira o site oficial

Em primeiro lugar, verifique se o site da empresa anunciado é o correto. Verifique se não há erros de português ou de digitação no endereço ou na página da empresa.

Os pequenos erros podem ser um indício de um possível golpe. Pois, com a propagação da internet para leilões, tem sido muito comum que falsas empresas ou falsos leilões façam esse tipo de evento para lucrar.

Você também pode consultar o site do Sindicato dos Leiloeiros, onde poderá verificar se a pessoa ou empresa tem autorização. No site oficial do sindicato, ao abrir a página, você verá um aviso no centro da tela sobre falsos sites que simulam leiloeiros reais.

  1. Confira as regras

Estar a par das regras do leilão também é fundamental para entender como funciona e evitar sair no prejuízo. Por exemplo, você até pode desistir de um arremate vencedor, mas terá que pagar uma multa que poderá chegar até 25% do valor do arremate.

Ou seja, um carro de luxo arrematado por R$100 mil, poderá lhe custar R$25 mil, se desistir do negócio.

  1. Faça toda a pesquisa inicial e encontre os carros em leilão certos

Normalmente, o leilão conta com um catálogo online ou impresso, que os compradores têm acesso. Portanto, uma etapa importante é pesquisar bem antes de ir a um leilão, para não cair em uma furada.

Os participantes mais experientes de um leilão costumam procurar:

● Qual é a história desse veículo em particular? Conheça a reputação do proprietário anterior;
● Utilizar a consulta veicular no site www.validacarro.com.br sabendo assim todo o histórico do veículo;
● Procure por grandes reparações, acidentes, etc;
● Existe um rastro completo de propriedade? Carros com uma história clara e rastreável são os mais confiáveis;
● É possível visitar fisicamente o pátio onde o veículo se encontra? Assim, você poderá fazer uma inspeção, junto com um profissional, para avaliar as condições do veículo.

  1. Participar de leilões de carros com pessoas experientes

Para as pessoas mais inexperientes, o ideal é participar de leilões com um licitante profissional ou alguém com experiência na área e saiba como agir com a velocidade rápida necessária.

Essa pessoa poderá lhe dar dicas de leilão de carros que apenas uma visão mais experiente pode fornecer.

  1. Não tenha medo de sair sem comprar nada

Participe de leilões sem intenção de comprar nada a princípio, sem aquela pressão para gastar dinheiro. É normal sentir essa pressão em um leilão, que costuma ser muito agitado e desgastante emocionalmente.

Porém, a última coisa que você deseja é se prender em um péssimo negócio, certo? Tenha uma ideia de como será o processo e tente construir uma relação com o leiloeiro e, se seguir a dica acima, você sentirá mais segurança, pois a pessoa mais experiente poderá apresentá-lo ao processo.

Não deixe de ouvir comentários, feedback e a opinião das pessoas que estão participando. Quanto mais informação você conseguir reunir, menores serão as chances de você cair em uma armadilha.

  1. Dê-se opções

Manter em aberto uma programação de leilões na região e participar deles com frequência é uma boa opção. Isso porque, você poderá ter mais oportunidades inteligentes em diferentes leilões.

Caso o preço não esteja certo ou a margem de lucro no inventário for grande, não fique pressionado a fazer lances, como dito acima, escolha de forma sábia.Carro De Leilão: Saiba Quais Os Cuidados Na Hora De Comprar Um!

  1. Prepare o dinheiro para pagar o carro de leilão

Para quem nunca participou de um leilão, é muito fácil se deixar levar, é como se estivesse comprando em um supermercado. Caso não faça uma lista do que precisa, você acabará comprando produtos que não precisa.

Além das dicas citadas neste conteúdo, fazer um orçamento pode ser a sua salvação de comprar por impulso ou emocional. Sendo assim, a dica é estabelecer um orçamento para o que você deseja comprar e não exceder esse valor, afinal, oportunidade é o que não vai faltar no caminho.

Veja qual inventário você precisa em uma concessionária e defina o valor exato que você pretende gastar. Reserve esse dinheiro, pois você terá que pagar o carro à vista.

Dois pontos essenciais que devem ser ressaltados: o pagamento para carros de leilões deve ser feito à vista e o arrematante tem um prazo de até 48 horas para pagar, caso contrário, terá uma pena de multa de até 20% sobre o valor do lance, como já mencionado.

E vale lembrar de também reservar cerca de 20% do valor para possíveis reparos que o veículo possa apresentar. Mesmo que o veículo pareça estar em bom estado e seja de origem de frota de empresa ou mesmo judicial, não há como saber como está a manutenção do carro.

Manutenção Preventiva: Saiba Como Cuidar Do Seu Veículo

  1. Registre-se cedo e seja o primeiro a entrar

Aqueles que chegam mais cedo conseguem encontrar melhores ofertas. Essa é uma das melhores dicas para quem pretende comprar um carro de leilão, por isso é importante ter um gerenciamento inteligente do tempo.

Caso você chegue atrasado, além de enfrentar uma fila maior, ficará sem o inventário do qual estava interessado em fazer lances. Sendo assim, o melhor é ir até o pátio antes, avaliar os carros que sejam do seu interesse e, com base em sua lista, fazer os lances.

  1. Atenção ao edital

Como você já sabe, um veículo de leilão poderá ser vendido sob qualquer estado de conservação. Isto é, há aqueles que estão impecáveis e outros que possuem uma série de problemas.

Portanto, você deverá ler com atenção o edital do leilão, onde estará todas as informações importantes sobre os veículos, tais como:

  • Ano e modelo;
  • Estado de conservação;
  • Eventuais problemas com documentação.

Neste último caso, é preciso ter em mente que alguns carros são vendidos como sucata, o que significa que eles não podem ser legalizados. A maioria das casas de leilões disponibiliza datas para que as pessoas interessadas avaliem pessoalmente cada carro do lote em questão.

Sendo assim, se conseguir, vá até o local onde se encontra o carro e avalie com cuidado o seu estado de conservação geral.

  1. Taxas administrativas

Além das multas e outras dívidas pendentes, como IPVA e licenciamento que, geralmente, são pagas por quem arremata o veículo, também é preciso arcar com as taxas administrativas.

Há a comissão do leiloeiro (que é de 5% sobre o valor arrematado) e a “taxa de pátio”, que corresponde ao tempo em que o lote ocupou as instalações da leiloeira.

  1. Origens variadas

É importante ressaltar que um carro de leilão pode ter as mais diversas origens. O mais comum são os carros recuperados de financiamentos por instituições bancárias.

Estes carros provenientes de operações financeiras, na maioria das vezes, foram financiados por pessoas que não pagaram todas as prestações e, por essa razão, o veículo acabou indo para leilão.

Há também os veículos de roubo e furto, que são oferecidos em leilões de seguradoras. Neste caso, o carro não sofreu danos ou foi recuperado, porém, foram parar em um leilão porque a indenização já havia sido paga ao cliente após recuperar o veículo.

Os carros de frotas empresariais são boas opções, por serem provenientes de frotas de grandes e médias corporações. Estes veículos são exemplares de procedência, com bom histórico de manutenção e pouco tempo de uso.

Ao passo que, os veículos de seguradoras são sinistrados e/ou recuperados. Dessa forma, é importante ficar atento quanto aos graus de sinistralidade:

  • Pequena monta: são os veículos com danos leves, que não abalaram a estrutura do veículo;
  • Média monta: danos mais graves que podem até impedir o veículo de circular. Em alguns casos, é até possível fazer o conserto, mas o carro deverá passar por uma vistoria no Detran para obter o laudo com restrição gravada no documento, cuja validade é de 30 dias, e pode ser prorrogado por mais 30 dias;
  • Grande monta: a famosa “perda total”, ou “PT”. Normalmente, estes carros são sucatas e costumam ser adquiridos só por empresas especializadas em revender peças e ferros-velhos.

Descubra Quais São Os 12 Veículos Que Você Não Deveria Comprar!

  1. Classificação dos carros de leilão

Os veículos classificados como “judiciais”, na maioria dos casos, foram apreendidos em decorrência de processos investigativos e criminais. Ou então, porque possuem pendências nas justiças trabalhista e cível.

Embora os preços sejam bem atraentes, o melhor é contar com o auxílio de um advogado para resolver eventuais trâmites judiciais. Pois, o veículo que está em nome de uma pessoa física ou jurídica, foi apreendido dentro de um processo, porém, segue em nome de terceiros.

Além disso, há uma modalidade de leilão que tem ganhado mais popularidade: a de carros antigos. São veículos dos anos 1970 aos 1990 com status de clássicos ou que tem um grande potencial de valorização nos próximos anos.

Geralmente, estes veículos estão em um melhor estado de conservação e foram para o leilão por decisão do próprio dono.

  1. Desvalorização na revenda

Se você compra um carro pensando na revenda, então os veículos de leilões não são uma boa opção. Afinal, um carro de leilão sofre uma maior desvalorização em comparação com o mesmo modelo adquirido em um mercado de seminovos, mesmo que eles não tenham histórico de sinistro.

Sendo assim, o principal motivo é devido ao “preconceito” que o mercado de veículos ainda possui em relação aos carros comprados em leilões, devido às razões citadas anteriormente.

Pela mesma razão, a maioria das seguradoras não aceitam veículos de leilões. Já outras, fazem uma análise profunda sobre o histórico do veículo, antes de aprovar a apólice.

Nessa análise, se verifica qual o estado de conservação do veículo, a quantidade de multas ou débitos, entre outros tipos de alterações feitas no carro. Portanto, o aconselhável é pesquisar as mesmas informações antes de fazer negócio.

Assim você não terá dores de cabeça e poderá aproveitar o seu carro novo sem problemas e preocupações!

Conclusão

Carro De Leilão: Saiba Quais Os Cuidados Na Hora De Comprar Um!Como você pôde ver neste conteúdo, comprar carro de leilão pode ser uma boa ideia para quem deseja economizar. Porém, é preciso ter muitos cuidados para que o barato não acabe saindo mais caro!

E você, o que achou deste conteúdo? Foi útil para você? Não esqueça de compartilhar com os seus amigos!

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *