Pular para o conteúdo
Início » Blog » Fatores Que Influenciam No Consumo De Combustível Nos Carros

Fatores Que Influenciam No Consumo De Combustível Nos Carros

Fatores Que Mais Influenciam No Consumo De Combustível Do Seu Carro

Existem várias coisas que fazem com que o combustível do seu carro acabe mais rápido. E claro, em um momento onde a situação financeira do país faz com que os preços de tudo se elevem, principalmente do combustível, é de se preocupar com esses fatores.

Pensando em uma maior economia, muitas pessoas deixam de usar o veículo para tarefas rotineiras ou que não precisam necessariamente de um automóvel.

E no fim das contas, muitas pessoas acabam não aproveitando seu veículo para que não gastem tanto combustível. Com um preço tão elevado do item, não se pode se dar ao luxo de gastos supérfluos.

Porém, não é só usar o carro que faz com que ele consuma mais combustível. Além de alguns modelos já serem mesmo menos econômicos, é possível que outros fatores estejam interferindo no consumo do seu combustível.

Então, se você quer ficar atento e evitar de todas as formas esses maus hábitos que podem estar te trazendo desvantagens, continue lendo este conteúdo.

O que pode fazer com que o consumo de combustível do seu carro seja mais rápido?

Fatores Que Mais Influenciam No Consumo De Combustível Do Seu Carro

É fato que o consumo de combustível sempre foi uma das grandes preocupações da maioria dos motoristas em relação aos seus carros. Ainda mais em épocas de crise econômica onde os preços se elevam, o combustível é um dos primeiros a serem afetados.

Quem depende do veículo no seu dia a dia fica refém do alto custo quase que diário e do gasto exagerado do carro com o combustível. Além do modelo do carro, marca e a sua versão, há outros fatores que acabam contribuindo para esse consumo ser maior.

Alguns hábitos dos motoristas fazem com que o consumo de combustível seja alto. Não é de se espantar ao conhecer histórias de pessoas que tenham um modelo igual ao seu consigam economizar mais.

Você provavelmente já deve ter se questionado nestes momentos o que você poderia estar fazendo de errado no consumo de combustível do seu carro para que outras pessoas não gastem o mesmo que você.

Para que você possa entender essas questões e saber o que leva um carro a consumir mais do que outros, ainda que pertençam a mesma marca, modelo ou versão, separamos alguns tópicos. Veja:

  1. Pesar o pé na arrancada

Pode parecer bobo ou totalmente sem sentido, mas essa é uma questão que faz com que o carro consuma um pouco mais do que o esperado de combustível. Se você tem o costume de pisar fundo toda vez que precisa sair, então isso pode ser o motivo pelo qual há um gasto maior de combustível.

A razão para isso pode ser explicada de forma simples. Isto é, toda vez que a pisada é mais funda, o sistema acaba entendendo que o veículo precisa estar na potência máxima para andar.

Por conta disso, ele acaba tendo um consumo maior de combustível. Para que isso seja evitado, tente não fazer essas arrancadas com o carro. Ande sempre com o pensamento de que você tem algo delicado que precisa locomover com cuidado.

Saiba também: Manutenção preventiva: saiba como cuidar do seu veículo

  1. Pneus descalibrados

Os pneus quando estão mais vazios tendem a contribuir para o que o combustível seja consumido de forma mais elevada. Isso porque o sistema de direção e suspensão acaba sendo forçado e a vida útil dos pneus acaba sendo menor.

Uma maneira de solucionar isso é checando a pressão dos pneus num período de 30 em 30 dias, já que há uma perda de 0,15 bar de pressão por mês.

Além disso, nem toda calibragem é igual para todos os veículos. Há algumas diferenças que precisam ser respeitadas de acordo com cada modelo de carro.

É fundamental que você siga as orientações dos fabricantes e faça a calibragem com os pneus frios para que o procedimento aconteça de forma certa.

  1. Ar condicionado no máximo

Ainda que seja uma necessidade nos dias mais quentes, o ar-condicionado pode gerar um gasto maior de combustível, principalmente se ele estiver no máximo. Se possível, tente aproveitar a entrada de ar natural para refrescar o carro.

Em trajetos longos, tente não usar o ar por muito tempo se você preza pela economia do combustível. Alinhe isso a outros fatores, como por exemplo, se for estacionar, procurar por uma área de sombra.

Assim, o calor não será tão intenso e isso pode fazer com que você não precise ter que refrigerar o local de forma forçada.

  1. Dirigir com vidro aberto

Apesar do ar-condicionado gastar mais combustível do que se espera, dirigir com os vidros totalmente abertos também contribui para que o combustível seja gasto mais rapidamente.

Isso acontece de forma ainda mais alta quando o condutor está em alta velocidade. A janela totalmente aberta pode fazer com que a resistência do ar aumente e isso leva o carro a consumir mais combustível.

Portanto, em viagens mais longas o ideal é que você possa manter o seu carro com vidros fechados com o ar na temperatura média, ou então com os vidros pouco abertos.

  1. Abastecer o veículo com combustíveis ruins ou misturá-los

Há quem saiba e há quem não saiba dessa informação, mas para todos os efeitos, devemos esclarecer que a escolha de um combustível de baixa qualidade, ainda que mais barato, faz com que seu carro o consuma mais.

Quem tem carro flex, dê preferência para encher o tanque somente com um tipo de combustível. Evite misturas. Isso porque o processo de injeção que acontece demanda um tempo até que aconteça.

Dessa forma, o carro acaba tendo que consumir mais recursos para que possam definir a relação ideal entre ar e consumo de combustível.

É fundamental dizer que os veículos que aceitam dois tipos de combustíveis, para que cumpram sua performance ao máximo, é preferível que o condutor faça o abastecimento de tanque a tanque.

Isso significa que é melhor esperar esperar que o combustível acabe para que possa mudar para outro. Assim, você terá uma economia maior e evitará a questão do alto consumo por conta do desempenho dobrado.

  1. Deixar o carro desalinhado

Se você sentir que seu carro está puxando um pouco mais para um lado do que para o outro, isso pode ser um dos indícios pelo qual o combustível do seu carro esteja acabando mais rápido.

Isso prejudica também a vida útil do pneu que faz com que seja exigido um pouco mais e, por consequência, faz com que o combustível tenha seu consumo um pouco mais elevado.

A razão para que isso aconteça é porque o esforço feito para que o carro se mantenha alinhado é muito maior e acaba exigindo um pouco mais do motor. Então, é necessário que se respeite o prazo que o fabricante dá para que se possa checar o alinhamento da direção.

Leia também: Conheça as 7 melhores opções de veículos até R$50 mil

  1. Levar peso em excesso

Apesar dos carros serem muito mais pesados do que nós, esses veículos possuem um limite de peso no qual aguentam sem trabalhar a mais e exigir mais do motor.

Caso você perceba que no seu dia a dia você leva itens muito mais pesados do que o carro deveria aguentar, então talvez deva considerar a possibilidade de fazer a troca do veículo.

  1. Trajetos curtos

Nas grandes cidades a maior parte dos veículos são utilizados para que trajetos curtos sejam realizados. Claro que esses trajetos, por mais que sejam curtos, acabam fazendo com que o carro tenha que lidar com arrancadas e paradas frequentes.

Obviamente que tudo isso gera um gasto. Para que se possa economizar no combustível, prefira então fazer esses pequenos trajetos de outra forma.

Se for possível ir a pé ou então de bicicleta, prefira fazer dessa forma. Além de economizar você estará fazendo um curto exercício no seu dia a dia.

Caso você prefira fazer tudo de carro, então tente traçar uma rota na qual você consiga resolver suas pendências todas de uma vez. Assim, você não precisará ter que fazer várias saídas curtas e ter que gastar combustível.

  1. Usar acessórios em viagens longas

Se você tiver que se locomover para uma longa distância e tiver que fazer o transporte de objetos grandes, tenha noção de que isso provavelmente fará com que você tenha uma economia menor de combustível.

Sabemos que em viagens e mudanças provavelmente isso é algo meio inevitável por causa da obrigação momentânea de ter que transportar algo. Sendo assim, é um gasto necessário e que não ocorre sempre.

Mas o ideal é tentar fazer com que esses objetos caibam no porta-malas e não tenham excessos na viagem.

  1. Não manter a distância dos veículos que estão na frente

Esse é um hábito quase imperceptível, mas que está muito ligado a um dos tópicos anteriores sobre acelerar na hora de dar partida. Quando você fica muito próximo de um carro, consequentemente você acaba freando mais.

Essas paradas e depois aceleradas fazem com que o veículo acabe consumindo mais combustível e força mais o veículo também. Então, apesar de parecer um pouco exagerado, mantenha a distância dos veículos da frente por uma questão de segurança também.

  1. Andar com o câmbio desengrenado

Se engana quem acha que colocar o carro em ponto morto enquanto espera no trânsito faz com que ele consuma menos combustível. Acontece que se você fizer isso, o seu carro continuará consumindo, ainda que pouco, mas continuará consumindo.

A melhor dica para economizar combustível durante o trânsito é não manter o carro ligado por muito tempo. Mas tenha certeza de que ficará parado por muito tempo.

Afinal, desligar e ligar o carro acaba fazendo com que a combustão aconteça sempre para dar forças para o veículo andar. Logo, parar e fazer com que o veículo volte a andar pode ser algo nada econômico no fim das contas.

  1. Não levar o carro na revisão

Um dos pontos também que muitas pessoas acabam não prestando atenção é na manutenção do veículo. Apesar de ser muito necessário, muitas pessoas acabam deixando de lado.

E claro que isso se torna algo prejudicial, visto que pode haver problemas dos quais você não tem conhecimento e que podem estar afetando o funcionamento do seu carro.

Os cuidados preventivos servem para que o carro não venha sofrer nenhum dano por desgaste ou por qualquer outro motivo. A manutenção de correção serve também para que se possa corrigir algo que esteja errado.

Às vezes pode acontecer de haver um vazamento, ou uma peça estar funcionando de má forma, é importante poder checar e solucionar isso antes que vire um prejuízo maior.

Preste sempre atenção em relação às orientações do fabricante para que você fique atento ao tempo ideal de manutenções. Além disso, se atente também sobre as suas necessidades especiais de uso.

Por exemplo, ainda que o fabricante disponibilize certa garantia, se você usa seu carro com uma maior frequência, então a necessidade de revisão passa a ser muito antes do que o fabricante indica.

Isso porque você faz um uso muito maior daquele veículo, e portanto, os cuidados também devem ser redobrados, pois a chance de alguma peça dar defeito antes da hora é um pouco maior.

Conclusão

Por fim, agora você pode ver alguns dos principais pontos que fazem com que o consumo de combustível do seu carro possa ser mais alto do que o esperado.

Preste atenção e observe se você faz mais de uma dessas coisas e avalie se essas são as possíveis causas de você ter um custo muito maior com gasolina ou etanol.

A partir do momento que você presta atenção nesses pontos, você se torna capaz de mudá-los e talvez, notar uma diferença, caso o problema não seja mecânico.

Conte aqui se este conteúdo te ajudou e compartilhe-o com mais pessoas que possam estar precisando de ajuda.

Importante saber: O que deve-se analisar para escolher a melhor opção de veículo?

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *