Pular para o conteúdo
Início » Blog » Os 5 Direitos do Consumidor na Compra de Carros Usados!

Os 5 Direitos do Consumidor na Compra de Carros Usados!

Os 5 Direitos do Consumidor na Compra de Carros Usados!

Descubra agora quais são os seus direitos na compra de veículos usados ou seminovos. O que fazer em caso de má-fé do vendedor? Acesse e veja!

Neste artigo, o ValidaCarro apresenta quais são os direitos do consumidor na compra de carros usados, pois ao contrário do que muita gente acredita, eles existem.

Obviamente, todas as informações deste artigo são baseadas na legislação geral aplicável, como o Código de Defesa do Consumidor no Brasil.

No geral, aqui estão os direitos do consumidor que devem ser respeitados, e que muita gente desconhece.

Principais direitos do consumidor na compra de carros usados

Os 5 Direitos do Consumidor na Compra de Carros Usados!Você já assistiu a um programa de TV de nome “A Patrulha do Consumidor”?

Pois bem, segundo dados na internet, mais de 49% dos casos apresentados envolvem a compra de carros usados e seminovos.

O programa mostra, basicamente, a peleja dos consumidores que compram veículos usados, com problemas sérios no pós-venda.

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) não possui um artigo específico que aborde exclusivamente esse tipo de compra.

No entanto, algumas disposições do CDC são aplicáveis a esse tipo de transação e podem ser relevantes para você em caso de má-fé por parte do vendedor.

A compra de carros usados é considerada uma relação de consumo, e o CDC estabelece direitos e deveres, tanto para o vendedor como para o comprador.

Alguns artigos expressos no CDC, que envolvem os direitos do consumidor na compra de veículos usados são:

  1. Artigo 6º

Este artigo estabelece que o fornecedor seja obrigado a informar de maneira clara, tudo sobre os produtos e serviços oferecidos.

Alguns exemplos incluem especificações corretas, preço, condições de pagamento, entre outros dados relevantes.

Isso implica também fornecer informações precisas sobre o veículo, como histórico de acidentes, quilometragem, reparos anteriores, entre outros.

  1. Artigo 8º

O artigo contido na Seção II do CDC destaca que os produtos e serviços não podem colocar em risco a saúde e a segurança dos consumidores.

De modo geral, isso inclui brinquedos, produtos comestíveis, e até veículos.

Isso significa que o carro usado vendido não deve ter problemas que coloquem em perigo a segurança do comprador ou de terceiros.

Neste caso, se o vendedor afirmou que o carro está em boas condições, então ele precisa estar!

Um laudo mecânico neste caso é necessário para comunicar o vendedor antes de qualquer tomada de ação judicial. (falaremos disso mais adiante).

  1. Artigo 18º

Os 5 Direitos do Consumidor na Compra de Carros Usados!Aqui o artigo trata da responsabilidade do fornecedor em relação aos vícios de qualidade ou quantidade do produto.

Caso o carro usado apresente defeitos ocultos ou problemas não informados, o comprador tem direito à reparação.

Isso inclui também a substituição do veículo ou restituição do valor pago.

É importante ressaltar que, embora os artigos sejam semelhantes, eles se enquadram em situações distintas.

É sempre bom consultar um advogado para sanar quaisquer dúvidas.

Importante saber: Como Consultar Seu Veículo De Forma Confiável? Saiba Agora!

  1. Artigo 31º

O Artigo 31º do CDC está contido na Seção IV e trata da Publicidade.

Ele estabelece diretrizes claras para a oferta e divulgação de veículos usados por parte de vendedores ou concessionárias.

De acordo com esse artigo, é proibido veicular publicidade com informações falsas, enganosas, abusivas ou que omitem dados relevantes.

Isso significa que os vendedores não podem apresentar características inexistentes, ocultar problemas mecânicos ou omitir histórico de acidentes.

Além disso, o Artigo 31º do CDC também estabelece que a publicidade de carros usados deve ser clara, precisa e de fácil compreensão.

  1. Artigo 26º

O artigo 26, inciso II, expressa que a loja ou concessionária tem a responsabilidade de resolver quaisquer defeitos apresentados pelo veículo durante um período de 90 dias.

No entanto, é importante ressaltar que, no caso de compra de um carro de um particular (pessoa física), não há garantia legal prevista pelo CDC.

Portanto, os direitos do consumidor na compra não se aplicam nas transações de compra e venda realizadas entre particulares.

Embora isso seja um fato, a má-fé de um vendedor de carros usados aplica-se ao Código Civil Brasileiro.

Em caso de algum conflito, o consumidor pode mover uma ação judicial.

O que fazer quando os direitos do consumidor na compra de carro usado não são respeitados?

Os 5 Direitos do Consumidor na Compra de Carros Usados!Quando os direitos do consumidor não são respeitados, existem algumas medidas que podem ser tomadas para buscar soluções.

Aqui estão algumas ações que podem ser consideradas:

Comunicação com o vendedor

Entre em contato com o vendedor e exponha o problema, e veja como ele agirá.

Tente resolver o problema de forma amigável e busque uma solução que seja satisfatória para ambas as partes.

Documente as evidências

É importante reunir todas as evidências relacionadas, como conversas, contratos, recibos, anúncios, ou qualquer outra forma de comunicação relacionada à transação.

Esses documentos podem ser úteis caso seja necessário recorrer às medidas legais.

Procura por assistência legal

Se a comunicação com o vendedor não resolver, pode ser necessário buscar a ajuda de um profissional jurídico especializado em direitos do consumidor para te auxiliar.

Um advogado ou defensor público poderá orientar sobre os direitos do consumidor na compra de carros usados e ajudar a tomar as medidas legais adequadas.

Ação judicial

Se todas as tentativas anteriores falharam, pode ser necessário entrar com uma ação judicial contra o vendedor ou a empresa.

Nesse caso, o auxílio de um advogado será fundamental para guiar o processo e buscar a reparação adequada por meio do sistema judicial.

Conclusão

A intenção deste artigo é orientar nossos leitores que sonham em comprar um carro, afinal, é um acontecimento muito significativo na vida das pessoas.

Pensando nisso, lembre-se de que você tem direitos, e eles precisam ser respeitados.

Agora que está bem informado sobre quais são os direitos do consumidor na compra de carros usados você estará mais bem preparado para enfrentar situações adversas.

O que você achou deste artigo? Esperamos que ele tenha te ajudado.

Não se esqueça de compartilhar esta informação na internet.

Saiba também: 

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *