Pular para o conteúdo
Início » Blog » Cuidados Tomar Ao Contratar Um Financiamento De Veículo?

Cuidados Tomar Ao Contratar Um Financiamento De Veículo?

Quais Cuidados Tomar Ao Contratar Um Financiamento De Veículo

Se você deseja fazer um financiamento de veículo, há alguns cuidados que você deve tomar para não cair em armadilhas e ter transtornos. Caso contrário, o que era para ser a realização de um sonho, se torna um verdadeiro pesadelo!

Para ajudá-lo nesta etapa importante do processo de compra, elaboramos um conteúdo com algumas dicas úteis. Continue lendo para saber quais são os cuidados ao financiar um carro!

Financiamento de veículo: dicas para fazer um bom negócio

Quais Cuidados Tomar Ao Contratar Um Financiamento De VeículoTer o carro próprio é um desejo entre muitos brasileiros, porém, ao decidir comprar, é preciso analisar bem algumas questões. Ainda mais quando se pretende fazer o financiamento de veículo.

Financiar o carro é uma das melhores opções para boa parte das pessoas, já que permite comprar um carro novo, seminovo ou usado em várias parcelas. No entanto, esse processo exige muita cautela, para não comprometer a maior parte do orçamento.

Sendo assim, confira logo abaixo alguns cuidados essenciais que todos aqueles que pretendem fazer o financiamento de veículo devem ter!

  1. Decida se vai comprar um carro novo, seminovo ou usado

A maioria das pessoas preferem não comprar um carro 0 km, por conta da desvalorização que acontece após sair da concessionária. Dessa forma, os veículos seminovos ou usados acabam sendo uma melhor opção, já que a desvalorização será menor.

Porém, as condições de financiamento de um carro seminovo ou usado são maiores, com taxas mais elevadas, comparadas as taxas de novos.

  1. Planeje o valor da entrada

É fato que uma boa entrada gera prestações menores, mas você deve planejar-se de acordo com seu orçamento. Pois, na maioria das vezes, ao dar uma entrada maior para reduzir as parcelas compromete os recursos.

Logo, o ideal é calcular as parcelas de modo que não comprometa o seu orçamento mensal. É importante ter uma reserva de recursos para cobrir alguma eventualidade para você conseguir se prevenir financeiramente.

Segundo especialistas, as parcelas mensais do financiamento de veículo não devem comprometer mais do que 30% de sua renda. Na hora de calcular se o carro cabe ou não no orçamento, muitas pessoas cometem o erro de considerar apenas o valor da prestação, deixando de lado todos os outros custos, como:

● Manutenção;
● Combustível;
● Seguro;
● Licenciamento;
● Impostos.

É preciso levar em conta que o IPVA corresponde, em média 4% do valor do veículo, o seguro corresponde a outros 5% desse valor e os gastos com combustível em um carro popular, durante um ano, podem chegar a outros 10%.

Faça cálculo também de mais 4% com manutenção e 2% com lavagens e limpezas. Em uma avaliação bem simples, o comprador precisa estar preparado para arcar com as despesas anuais de seu veículo, que podem chegar até 25% do valor do veículo.

Por isso, quanto menos comprometer a sua renda mensal, menores serão as chances de você não conseguir pagar o financiamento até o fim.

  1. Tome cuidado com prazos muito longos

Tenha cuidado com parcelamentos mais longos, apesar de parecer mais atrativo, existem algumas desvantagens que as pessoas não percebem. Isto é, quanto maior for o financiamento, menores serão as parcelas, porém, os juros também serão maiores, o que faz com que o valor final do produto seja mais alto.

Vale ressaltar também que oscilações na economia podem acontecer, como o desemprego e outros tipos de problemas financeiros. Como resultado, o comprador perderá o veículo e ficará como inadimplente.

  1. Evite atrasar ou deixar de pagar as prestações

Caso aconteça algum imprevisto que você não consiga pagar a parcela em dia, procure o banco ou a financeira. Assim, você poderá encontrar uma solução para o problema que possa beneficiar ambas as partes.

  1. Faça várias simulações no financiamento de um veículo

Muita gente não sabe, mas é possível fazer diversas simulações em bancos e financeiras para descobrir qual é a melhor opção. Mesmo que a concessionária já tenha a própria financeira, você tem a opção de negociar, se achar outra mais adequada e justa.

Portanto, compare os financiamentos de várias instituições antes de decidir qual vai fazer. Não esqueça de também verificar qual a taxa de juros nominal e desconfie sempre da história de taxas de juros zero, pois há meios de inserir tarifas ocultando os juros reais.

E também peça o CET, ou Custo Efetivo Total, com o valor de todos os encargos e despesas que você irá pagar no veículo e, caso suspeite de alguma cobrança colocada como obrigatória além do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), procure o Banco Central ou o Procon.

  1. Exija uma cópia do contrato ao financiar seu carro

Como financiado, é o seu direito de ter uma cópia do contrato de financiamento com detalhes de todos os custos envolvidos. Leia com atenção o contrato ou procure alguém de sua confiança para analisar se tudo está de acordo com o que determina a legislação.

Como dito antes, fique atento para não fazer uma dívida com prazo maior, pois quanto maior o prazo, maiores os juros. Mas, não caia na tentação de dar uma boa entrada se for comprometer o resto de suas finanças.

E para não cair na inadimplência e perder o seu veículo, faça em dia todos os pagamentos.

  1. Um bom vendedor para um bom negócio

Se o vendedor não está com vontade de te atender, então não adianta insistir. Já que ele poderá não te ajudar a tomar uma boa decisão e o atendimento é algo essencial, ainda mais quando se trata da compra de um carro.

Por essa razão, sempre procure um vendedor que esteja disposto a te atender e te ajudar em sua escolha. E vale lembrar que isso não está relacionado com a simpatia do vendedor, mas sim como ele demonstra interesse por suas necessidades, paciência e confiança para auxiliá-lo.

Conclusão

Quais Cuidados Tomar Ao Contratar Um Financiamento De VeículoComo você pôde ver neste conteúdo, existem muitos cuidados a serem tomados quando o assunto é financiamento de veículo, para evitar uma série de problemas e dores de cabeça no futuro.

Seguindo essas dicas, menores serão as chances de você cair em uma armadilha! Por fim, não esqueça de compartilhar com os seus amigos este conteúdo e confira em nosso blog outros posts que possam ser do seu interesse!

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *